Arquivo para ônibus espacial

Hubble

Posted in gadgets, Geek, Tecnologia with tags , , , , , , on maio 14, 2009 by Burning

hs200905web

Acho que não existe nada tão interessante como fotos ou videos do espaço. Durante muitos anos essas fotos foram feitas de forma continua por observatórios terrestres ou de forma temporária por satélites(devido a vida útil das máquinas) lançados no espaço, mas em 1990 isso mudou. Neste ano entrava na órbita da Terra o primeiro telescópio espacial, o Hubble.

Com ele os cientistas esperavam ter imagens incríveis e poderem se aprofundar nos mistérios do universo, mas graças a um erro, o espelho principal do telescópio estava colocado errado, gerando apenas imagens borradas. O erro só foi corrigido em 1993, quando uma missão espacial foi enviada ao telescópio. De lá para cá o Hubble fez imagens fantásticas, sofreu danos, recebeu reparos e esta semana está passando por uma recauchutagem, recebendo novos equipamentos e trocando baterias. Estes reparos estão 3 anos atrasados, já que todo o programa espacial ficou atrasado quando o Ônibus Espacial Columbia explodiu quando voltava para Terra em 2003.

Apesar de tudo o telescópio continou funcionando e mandando imagens fantásticas (como esta ai em cima), que podem ser vistas nesta galeria e na página do Hubble dentro do site da Nasa. São quase como pinturas e muito bonitas. Esperamos que com o novo equipamento ele consiga produzir mais imagens e novas descobertas. Aliás, no site da Nasa dá para acompanhar a missão de reparo com videos em tempo real. Simplesmente fantástico!

Ônibus Espacial

Posted in gadgets, Tecnologia with tags , , , , on janeiro 28, 2009 by Burning

spaceUma foto da cabine do ônibus espacial. O mais legal é que ela está em alta resolução, a Nasa disponibilizou ela aqui. O espaço é algo que sempre me fascinou, desde os contos futuristas até a tecnologia que os países possuem hoje. Apesar de que o painel do ônibus espacial não parece assim tão futurista, apenas um treco cheio de botões. E tem pedais! Geralmente no futuro que vemos nas séries ou filmes (não os que eram projetados nos anos 80, é claro) são cheio de telas e com poucos botões. Mas mesmo assim não deixa de ser algo fascinante.