Archive for the Religião Category

Jesus Cristo e a política

Posted in Política, Religião, Sociedade with tags , , on outubro 23, 2009 by Burning

jesusHoje a maior parte dos jornais do Brasil vieram com manchetes sobre a fala do presidente Lula de que no Brasil até “Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão”. Não achei nenhum que defendesse o presidente, e muitos deles trouxeram a matérias extras sobre como a CNBB condenou o que o presidente disse.

Durante muito tempo da minha vida fui cristão, hoje não me incluo em religião nenhuma, mas na minha opinião, a fala do presidente só ilustra uma coisa: a política é uma questão de conceder, cobrar e muitas vezes desafiar. Prova disso é quantidade de partidos no Brasil e de como nossos políticos pulam de um pro outro como lhes convém. O aliado de hoje é o inimigo de amanhã e vice-versa.

Isso é política! Ou colocando de outra forma, política é a prostituição de idéias. Para se conseguir algo, você cede em algum ponto e assim caminham os Estados democráticos. Não existem santos na política e muitos deles são completamente diabólicos.

Agora, podemos tentar o jeito da igreja. Temos um grande líder, não podemos questioná-lo, devemos seguir fielmente e defender nossa religião mesmo que ela esteja atrasando a vida de muitos e levando outros a caminhos bem tortuosos. Mas isso me parece um tipo de despotismo. Vale lembrar que Jesus também tinha seu lado político, era associado de Judas e que o mesmo teve um papel decisivo na história do cristianismo. O traidor também cumpriu seu papel, e foi perdoado, ou existe na bíblia passagem alguma dizendo que Judas foi pro inferno por ter cumprido o que deus mandou ele fazer?

Anúncios

Mitos

Posted in Comportamento, Religião with tags , , , , , on setembro 8, 2009 by Burning

darth_elmoHá 2000 e poucos anos atrás, uma figura mudou o mundo. Ou melhor, pessoas que supostamente conheceram esta figura mudaram o mundo. Descreveram o nascimento, a vida e a morte de uma pessoa que através do derramamento do seu sangue, mandaria bilhões de almas para o paraíso, onde não haveria fome, dor, pobreza e por ai vai. mas e se esta pessoa aparecesse hoje? Como ela faria para atingir cidades, países e continentes que não o local onde ele(a) nasceu?

Considerando a velocidade da transmissão de informações hoje, como seria isso possível? Fatos estranhos acontecem a cada momento, e digamos, salvadores aparecem a todo instante, mas a maior parte deles não chegam ao conhecimento do povo porque cada um que aparece tem sua vida investigada e graças as outras religiões, logo desaparecem, ao serem confrontados com o título de falso messias. Antes as notícias levavam meses para atingir qualquer lugar, era possível criar mitos, espalhar milagres e transformar em martir pelo menos uma centena de pessoas antes que a verdade aparecesse.

Então hoje isso é impossível? Claro que não, o ET de Varginha não está andando por ai? O boto ainda consegue engravidar mulheres, os Smurfs matam e no fim da Caverna do Dragão descobre-se que todos eles estavam mortos. E isso só para exemplificar os mitos mais estúpidos, já que no campo da religião tem gente vendo imagens de santos na margarina. Eu me pergunto até onde a fé humana vai. Sabe-se que é possível alguém conseguir se curar de doenças apenas pela fé, mas mesmo assim, pessoas de muita fé ainda adoecem e morrem. Enquanto isso, pessoas conseguem morrer de medo de x ou y boato que aparece na internet.

É, creio que nestes 2000 anos, apesar da tecnologia, a vida não mudou tanto, as pessoas seguem acreditando o que querem e perseguindo umas as outras, conhecimento e tecnologia não importam. Ahh,  os alienígenas e salvadores estão entre nós o tempo todo, é só olhar a imagem.

Comentários

Posted in Comportamento, Religião, Sociedade with tags , , , , , on março 17, 2009 by Burning

lesbian_kissSou viciado em assuntos polêmicos. Gosto de ver até onde as pessoas conseguem expressar sua inteligência e sua predileção por um ou outro assunto, principalmente quando se está envolvido a religião, a sexualidade e o comportamento humano.

Sempre me comportei como um evolucionista, acredito que mesmo com a religião, a pessoa tem que se sobressair, ir além dos preceitos básicos e finalmente tentar chegar ao máximo que se pode. Claro que isso envolve lidar com outras pessoas e saber respeitar as crenças delas, e neste assunto não sou muito bom, pois quando alguém começa a explicar o porque acredita fielmente em algo que não faz sentido eu logo começo a ridicularizar aquilo, apesar de no passado também ter acreditado.

Colocando isso em voga, gosto de ver os comentários que as pessoas colocam nos assuntos polêmicos. Sempre me pergunto de onde saiu tanta fé, crendices, estupidez, inteligência e um monte de outras “qualidades”. O caso mais recente foi em um texto da Época sobre um casal de lésbicas que decidiram engravidar. Uma cedeu o óvulo, e a outra o ovário e estão esperando gêmeos. O texto logo teve centenas de comentários, alguns incentivando, outros criticando e mais um monte dizendo que aquilo não era normal e que elas iam para o inferno.

Para quem quizer ver os comentários é só ver o texto. Agora o mais interessante disso tudo é que quanto mais inflamado o comentário, mais errada é a escrita. Não sei é por causa da raiva da pessoa contra o artigo, ou contra as mulheres e sua ação. Mas o assassinato do portugês é mais evidente do que tudo. Me pergunto se isso tem alguma relação entre a religiosidade ou a instrução da pessoa. Bem, não deixa de ser interessante, principalmente se você prestar bastante atenção nos argumentos que essas pessoas que escrevem errado. boa diversão.

Religião, Fé e Mentiras

Posted in Comportamento, Cultura, Religião with tags on dezembro 15, 2008 by Burning

Sabe qual o principal problema da uma religião qualquer? É a fé, a religião se baseia nela, a crença das pessoas na religião também se baseia nela e é por isso mesmo que as pessoas que têm muita fé são os maiores alvos das mentiras, de todas elas em geral.

Essas pessoas são tão boas em acreditar na sua crença que acabam se deixando levar por qualquer coisa que pareça tão de outro mundo quanto sua religião. E é por isso que até hoje temos histórias como brinquedos com punhais dentro, duendes que surgem do nada e atacam e mil e uma coisas.

Tenho parentes que possuem grande fé, e isso faz um mal danado para eles, só os mesmos não percebem. Recentemente vieram me dizer histórias de como a gordura trans está matando crianças e deixando-as com diversos problemas, e como as igrejas têm alertado para isso.

Bem, não pude deixar de dizer, que a gordura trans realmente faz um mal danado, mas não é a responsável por coisas assim. Essa gordura está presente em muitos alimentos, mas a falta de controle dos pais sobre os filhos é o maior problema. Em vez de deixarem as crianças se divertirem, brincarem, e fazerem atividades que qualquer criança precisa fazer, tentam colocar as crianças em ambientes controlados e ainda minam a cabeça delas com a religião.

O negócio é simples, crianças precisam fantasiar, brincar de pirata, brincar de carrinho e boneca, se sujar, comer alguma besteira (não largar um pacote de biscoitos inteiro na mão delas), subir em árvores e por ai vai. Acho que é a melhor forma de se desenvolver. E isso não é contra nenhuma religião. Ou vai dizer que ainda acredita que o Fofão vai matar algum moleque por ai?

Bad religion

Posted in Religião with tags , on junho 30, 2008 by Burning

Ontem estava eu completamente distraido olhando as notícias que nos assombram durante o fim de semana quando me deparo com um artigo sobre como São Pedro não teria sido o primeiro papa. Apesar de não ter religião definida, sempre me interesso por estes artigos, principalmente para ter uma visão histórica e científica das eras passadas para poder comparar com a minha educação cristã. Até os 15 anos li a bíblia pelo menos duas vezes, então sei bastante sobre ela.

O artigo era bem interessante, mas o que me chamou mesmo a atenção foi os comentários que católicos e protestantes destilavam uns contra os outros logo abaixo da notícia. Católicos acusando crentes de querer desqualificar o primeiro papa deles, e crentes dizendo que aquilo era correto mas ao mesmo tempo querendo desacreditar o artigo porque não fazia coro com suas próprias crenças. E a guerra rolando solta. É uma pena que o pessoal do G1 não mantém os comentários ou eu não sei chegar até eles, por que estava bem divertido ver dois lados de uma mesma moeda argumentando sobre algo que só faz sentido na religião que cada um decide seguir.

O mais interessante de tudo é que as duas religiões nunca consideram que na idade média durante a reforma religiosa a bíblia pode e provavelmente deve ter sido alterada para exaltar tanto as qualidades católicas quanto as protestantes. Como já disse, não tenho religião, mas sei o até onde alguém pode chegar para defender a sua, e acho um tanto quanto inútil a hostilidade de ambas, porque não creio que tenha sido isso que Jesus queria transmitir aos seus discípulos. A fé é de cada um e só pode ser medida por si mesmo. O importante é apenas viver, o máximo que pudermos e da melhor forma. Isso aparentemente nenhuma religião conseguiu passar aos seus seguidores.