Archive for the Sociedade Category

Jesus Cristo e a política

Posted in Política, Religião, Sociedade with tags , , on outubro 23, 2009 by Burning

jesusHoje a maior parte dos jornais do Brasil vieram com manchetes sobre a fala do presidente Lula de que no Brasil até “Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão”. Não achei nenhum que defendesse o presidente, e muitos deles trouxeram a matérias extras sobre como a CNBB condenou o que o presidente disse.

Durante muito tempo da minha vida fui cristão, hoje não me incluo em religião nenhuma, mas na minha opinião, a fala do presidente só ilustra uma coisa: a política é uma questão de conceder, cobrar e muitas vezes desafiar. Prova disso é quantidade de partidos no Brasil e de como nossos políticos pulam de um pro outro como lhes convém. O aliado de hoje é o inimigo de amanhã e vice-versa.

Isso é política! Ou colocando de outra forma, política é a prostituição de idéias. Para se conseguir algo, você cede em algum ponto e assim caminham os Estados democráticos. Não existem santos na política e muitos deles são completamente diabólicos.

Agora, podemos tentar o jeito da igreja. Temos um grande líder, não podemos questioná-lo, devemos seguir fielmente e defender nossa religião mesmo que ela esteja atrasando a vida de muitos e levando outros a caminhos bem tortuosos. Mas isso me parece um tipo de despotismo. Vale lembrar que Jesus também tinha seu lado político, era associado de Judas e que o mesmo teve um papel decisivo na história do cristianismo. O traidor também cumpriu seu papel, e foi perdoado, ou existe na bíblia passagem alguma dizendo que Judas foi pro inferno por ter cumprido o que deus mandou ele fazer?

Anúncios

25 coisas sobre a minha sexualidade

Posted in Comportamento, Sociedade with tags , , , , , on outubro 9, 2009 by Burning

lipsPara quem curte um bom papo cabeça sobre sexualidade, encontrei um blog interessante. Nele as pessoas mandam 25 fatos sobre a como se desenvolveram sexualmente, ou como tratam o tema, ou ainda como vivenciam suas atividades sexuais. O único problema é que está em inglês, mas hoje em dia acho que isso nem é tão problemático assim.

O blog é completamente simples, tem uma boa quantidade de posts, e os relatos vão dos mais simples ao mais estranhos, passando por preconceitos, problemas, fatos engraçados, tristes e profundos. Como é totalmente anônimo, pode até ser que tenham relatos brasileiros, e o legal da história está ai, você lê o que está lá e fica tentando imaginar que tipo de pessoa poderia ter passado por aquelas experiências.

Sem mais delongas: 25 things about my sexuality

Tatuagens

Posted in Sociedade with tags , , , , , on setembro 29, 2009 by Burning

tatooJá é o terceiro ou quarto dia seguido que vejo pessoas na rua com tatuagens de kanjis chineses. A última era uma mulher que tinha outras tatuagens, dois beija-flores, uma interrogação na perna e uma exclamação na outra além de várias estrelas nas costas.

Na hora me perguntei até onde as tatuagens irão. Hoje em dia as cores são bem vívidas, os desenhos são incríveis (e também são horríveis dependendo do gosto do freguês), as tintas tem tecnologia suficiente para não fazer mal a quem quer exibir as tatuangens. Mas e depois?

Seria legal se alguém inventasse tatuagens eletrônicas, com leds ou tintas especiais que mudassem de cor ou brilhassem. Igual as camisetas de led. Logo veríamos pessoas com o visor do Kitt da Supermáquina ou um símbolo dos Thundercats que brilhe.

Enquato isso, continuamos com as tradicionais, como esta ai da foto que foi colocada no Sankaku Complex.

É o progresso, estúpido!

Posted in Sociedade, Tecnologia with tags , , , , , , , , , , on setembro 25, 2009 by Burning

AvatarJá passamos do ano 2000, teoricamente vivemos em um futuro muito sonhado por milhares de pessoas que como eu nasceram na década de 70 (no final, mas ainda 70). É impressionante ver como conseguimos chegar a este ponto da história sem holocausto nuclear ou uma terceira grande guerra mundial, e é frustante ver que a maioria dos sonhos continuam sonhos.

Tirando os carros voadores e a felicidade mundial, os terráqueos avançaram pouco em áreas que as pessoas consideravam conquistadas a 20 anos atrás. Naquela época todos pensavam que teríamos turismo espacial de larga escala, colonias submarinas, fontes de energia inesgotáveis e por ai vai. Mas não. A cada ano os programas espaciais dos países desenvolvidos sofrem cortes, não vejo ninguém morando em baixo d’água, e a principal fonte de energia do mundo ainda é o petróleo, que meu professor de geografia prometia que iria acabar 10 anos atrás.

Em um mundo perfeito, já teríamos tudo isso, mas não moramos em um mundo perfeito. Sofremos grandes revezes  mas estamos tentando. Claro que avançamos muito nessas mesmas áreas, hoje temos fotos fantásticas do espaço, conseguimos perfurar poços de petróleo a quilômetros abaixo do leito do mar (Petrobas e o pré-sal) e as fontes energética renováveis parecem estar tomando fôlego mundo afora (eólica, solar…), mas será que viverei o suficiente para ver tudo de um modo acessível?

Já vejo! Temos tudo isso, mas apenas em séries de tv e cinema. Depois de ver o UP em 3d e ver o comercial do Avatar, penso o quanto as pessoas do passado ficariam aterrorizadas em ver algo com tanta qualidade, e isso sem falar nos filmes em blu-ray que começam a se popularizar aqui. De um jeito ou de outro, o progresso sempre bate a porta, só é necessário pagar por ele. É tudo meio sem sentido, mas quem disse que a vida faz algum? A única coisa que realmente espero é ter meu próprio Gundam.

Comentários

Posted in Comportamento, Religião, Sociedade with tags , , , , , on março 17, 2009 by Burning

lesbian_kissSou viciado em assuntos polêmicos. Gosto de ver até onde as pessoas conseguem expressar sua inteligência e sua predileção por um ou outro assunto, principalmente quando se está envolvido a religião, a sexualidade e o comportamento humano.

Sempre me comportei como um evolucionista, acredito que mesmo com a religião, a pessoa tem que se sobressair, ir além dos preceitos básicos e finalmente tentar chegar ao máximo que se pode. Claro que isso envolve lidar com outras pessoas e saber respeitar as crenças delas, e neste assunto não sou muito bom, pois quando alguém começa a explicar o porque acredita fielmente em algo que não faz sentido eu logo começo a ridicularizar aquilo, apesar de no passado também ter acreditado.

Colocando isso em voga, gosto de ver os comentários que as pessoas colocam nos assuntos polêmicos. Sempre me pergunto de onde saiu tanta fé, crendices, estupidez, inteligência e um monte de outras “qualidades”. O caso mais recente foi em um texto da Época sobre um casal de lésbicas que decidiram engravidar. Uma cedeu o óvulo, e a outra o ovário e estão esperando gêmeos. O texto logo teve centenas de comentários, alguns incentivando, outros criticando e mais um monte dizendo que aquilo não era normal e que elas iam para o inferno.

Para quem quizer ver os comentários é só ver o texto. Agora o mais interessante disso tudo é que quanto mais inflamado o comentário, mais errada é a escrita. Não sei é por causa da raiva da pessoa contra o artigo, ou contra as mulheres e sua ação. Mas o assassinato do portugês é mais evidente do que tudo. Me pergunto se isso tem alguma relação entre a religiosidade ou a instrução da pessoa. Bem, não deixa de ser interessante, principalmente se você prestar bastante atenção nos argumentos que essas pessoas que escrevem errado. boa diversão.

Uso da tecnologia

Posted in Comportamento, jogos, Psp, Sociedade, Tecnologia with tags , , , , on março 6, 2009 by Burning

ipodt1Um dos colegas de trabalho me chega hoje e diz que achou um botão no controle remoto que muda o som da tv, alternando entre o som dublado e o original. Apesar do meu espanto, disse a ele que se chamava SAP, e que é um recurso até antigo das tvs. Ele me disse que nunca havia prestado atenção.

Isso me levou a pensar no quanto as pessoas sabem da capacidade dos aparelhos que possuem. Ou no quanto usam essa capacidade ou os recursos disponíveis nos aparelhos. 

Meu computador em casa é a central de mídia, informação, diversão e por ai vai. Através dele faço muitas coisas, e sei que se minha preguiça deixasse eu poderia utiliza-lo mais, programando, fazendo páginas, editando video ou som, mas ainda sim, é algo fantástico. Afinal acho que o utilizo bem.

O mesmo vale para o meu celular, e para o Psp. Ouço músicas, jogos, de vez em quando tiro fotos, leio textos. E tento sempre que posso descobrir novas atividades que podem se executadas nos aparelhos.

Isso é algo comum para mim, mas sei que muitas pessoas, apesar de terem celulares caros e com muitos recursos, não chegam nem ao menos a abrir o manual do produto para descobrir até onde vão suas capacidades. O exemplo mais hardcore que vi disso foi um outro colega de trabalho que ao comprar um Ipod Touch, achou que o aparelho tinha vindo com defeito quando não conseguiu ligá-lo. Ele ficou com o aparelho por três dias quando o trouxe ao serviço, pronto para devolver à loja e acabou me mostrando e eu o ensinei a ligar o aparelho. Tudo isso porque não leu o manual.

Sei que para as pessoas mais velhas, a tecnologia pode representar uma barreira, mas isso é apenas uma questão de como ela é abordagem. Digo isso porque minha mãe tem 65 anos e hoje utiliza o computador para ler e-mails, notícias e está no processo de aprender a ouvir mp3. E acho que ela não vai parar por ai. É só uma questão de busca ao conhecimento.

Imagino o quanto existe de pessoas que possuem bons aparelhos, que fazem mil e uma coisas, mas que nunca pararam para explora-los ou ver passo a passo como funcionam de acordo com o manual. É algo assustador, afinal tecnologia é algo caro, e quanto melhor ela é, mais dispendiosa. A tecnologia e seu uso apareceram para facilitar a vida, mas muita gente a ignora.

Legalização da maconha

Posted in Comportamento, Sociedade with tags , , , on fevereiro 13, 2009 by Burning

O assunto da legalização da maconha voltou a pauta nacional graças à voz do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que disse que o combate ao tráfico está perdido e que apesar dele considerar a droga danosa, a legalização surtiria um efeito parecido com o estado atual do cigarro, que é legalizado, mas que a sociedade luta contra o uso.

Hoje o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão disse que é a favor do debate sobre a legalização do entorpecente, e também afirmou que a repressão contra as drogas é uma luta perdida em vários países.

Se duas figuras públicas dão este tipo de declaração, imagina para as pessoas que vivem perto do tráfico, o que irão sentir? A legalização da maconha é um tema bem batido, mas nunca vi estudos conclusivos feitos no Brasil sobre o assunto. Se ela faz mal, porque liberar? Se o uso leva ao vício de outras drogas, porque então essa falsa liberação que acontece na sociedade onde pessoas famosas dizem que utilizam e não sofrem qualquer reprimenda?

O meu ponto de vista é, para saber se faz mal é necessário estudos, que devem ser encomendados pelo governo. A partir daí é que se deve partir para a discussão da legalização. Já existe um tanto de gente mundo a fora com a vida destruída por álcool, imagina só pessoas dirigindo por ai fumando seu cigarro de maconha. Sou contra o uso de qualquer substância que altere a pessoa, da mais leve a mais pesada e acho que a repressão do governo deve ser ainda mais severa do que achamos que ela é.