Arquivo para batman

Marvel e DC Comics

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , , on junho 17, 2009 by Burning
Capa do Alex Ross para atrair mais gente

Capa do Alex Ross para atrair mais gente

Sinceramente não sei qual o problema da Marvel. Sempre que alguma coisa está boa, eles teimam em estragar. Foi assim com o Homem-Aranha, com o Quarteto Fantástico e com o universo Ultimate. Agora que o Capitão América estava começando a ganhar uma identidade, eles anunciam que vão ressussitar o velho. Isso mesmo, mais uma vez os personagens não ficam mortos por muito tempo.

Eles ainda não falaram se o Bucky Barnes (que também tinha morrido e agora é o atual Capitão) vai ir pro limbo ou alguma coisa parecida. Mas já adiantaram que o novíssimo velho Capitão América será mais parecido com o da linha Ultimate. Ou seja, parecia um soldado e tinha bem mais personalidade do que o Steve Rogers normal.Ele vai passar por uma viagem espiritual para poder voltar a vida… tipo o Superman fez. Olha que eu não gosto do Capitão, mas parece cliché demais.

Enquanto isso a DC fez algo parecido com o Batman, mas com mais sucesso, já que a nova revista do morcego com Dick Grayson como Batman e Damian Wayne como Robin vendeu todas as edições e já está na segunda impressão. Aparentemente Bruce Wayne vai ficar um bom tempo afastado, a programação é de pelo menos um ano sem ele assumir o manto.

Um ano também é a quantidade de tempo que o Superman vai ficar afastado da Terra, dando espaço para o Legionário Mon-El ficar no seu lugar lutando contra o crime. Até agora as histórias estão bem interessantes, já que Mon-El passou a maior parte da vida dele na Zona Fantasma, e no momento além de lutar contra os vilões está curtindo a vida na Terra. Pelo menos nesse ponto, a DC parece estar fazendo melhor do que a Marvel.

70 anos de Batman

Posted in Comics, Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , on maio 4, 2009 by Burning

8464batman

Há exatamente 70 anos um ser humano normal, vestido de morcego fazia sua primeira aparição nos quadrinhos. O jovem Bruce Wayne, traumatizado com a morte de seus pais durante um assalto, jurou levar a justiça a todos os lugares de Gotham City. Para isso ele veste o manto do morcego e passa a combater marginais, mafiosos e os loucos que surgem em sua cidade. Para isso ele conta apenas com treinamento em várias artes marciais, engenhocas fantásticas eincríveis habilidades de dedução e investigação.

A primeira vista, Batman seria apenas um detetive vestido de um jeito esquisito. Mas anos e anos de histórias o tornaram algo incrível, humano, mas ainda sim sobrenatural, que fascina os leitores e ainda consegue deixá-lo no mesmo patamar que seres super-humanos como Superman e Mulher-Maravilha. Qualquer um que ler as primeiras histórias do homem-morcego, pode logo identificar o quanto eram ingênuas, que se pareciam muito com o seriado televisivo dos anos 60. Com o tempo isso foi mudando e o personagem ganhou um aprofundamento psicológico, histórias mais trabalhadas, persongens que traziam temáticas diferentes e é claro: vilões que podiam bater de frente com o herói.

Histórias como Batman – Ano Um, O Longo Dia das Bruxas e A Piada Mortal, contam o passado e as lutas do herói, além de mostrar que ele tem um lado muito humano, com envolvimentos amorosos, sentimentos conflitantes em relação a outros personagens e é claro a sua ligação com os personagens que nasceram de suas histórias. Além destas, O Cavaleiro das Trevas mostra o futuro do Batman, ainda lutando e continuando sua cruzada, apesar da idade e das perdas que acontecem na sua guerra contra o crime.

Com o tempo, o super-herói foi atualizado, teve a coluna quebrada, um dos seus parceiros morreu, ele lutou contra deuses e mais recentemente foi morto em uma luta contra o maior vilão da DC Comics: Darkseide. Claro que ele deve voltar em breve, mas sem dúvida é um dos maiores heróis já publicado no planeta. Conhecido mundialmente graças aos produtos relacionados com seu nome, Batman é tão real quanto qualquer outro ser humano e merece um grande aniversário. É um tanto quanto irônico que justamente nesta data, não seja Bruce Wayne que vista o manto do morcego, mas sim um dos seus filhos adotivos. Os fãs, como eu, esperam para ver seu retorno triunfal ao universo DC.

Green Lantern – First Flight

Posted in Animação, Cartoon, Televisão with tags , , , , , , , , , , , , , , on abril 9, 2009 by Burning

A DC já tem tradição de produzir bons cartoons. É só ver Batman – the Animated Series, Superman  – The Animated Series, Teen Titans, Batman Beyond, e The Batman. Todas têm boas histórias, aparições de personagens extras e qualidade indiscutível. Sempre que está passando um capítulo da primeira temporada do Batman The Animated Series ainda paro para ver e me impressiono como algo tão velho ainda pode ser tão bom.

Agora DC volta a tacar com um longa do Lanterna Verde. Green Lantern  – First Flight conta a origem de Hal Jordan, o mais famoso dos Lanternas Verdes. Só pelo trailer, parece que o negócio ficou muito bom. Lembre-se de assistir em HD, que fica bem melhor. Agora aguardo ansiosamente pelo lançamento que acontecerá no dia 29 de Julho nos EUA.

Em 2008 a DC lançou o Justice League – The New Frontier, um longa baseado no quadrinho de mesmo nome. E apesar de eu não ter achado tão legal quanto o quadrinho, ainda sim foi muito melhor do a animação do Homem de Ferro feito pela Marvel em 2006, mas é claro, isso é a minha opinião. A qualidade da animação é excelente e aposto que o First Flight será ainda melhor.

Quadrinhos

Posted in Comics, Comportamento, Quadrinhos, Sociedade with tags , , , , , , on janeiro 12, 2009 by Burning

hushQuando eu era criança, quadrinhos eram coisas de criança. Batman, Superman e outros eram apenas histórias de ficção para entreter os que gostavam de uma boa dose de aventuras e mistérios.  Quadrinhos eram vendidos nas bancas de jornais e mesmo assim nem todas as bancas tinham todas as revistas que eram editadas naquele tempo. Além disso, o papel jornal era da pior qualidade, a tinta saia nas mãos e as cores nem sempre ficavam certas graças a falta de dedicação do povo que trabalhava na editoração brasileira.

Bem, os tempos mudaram, os heróis também. Eles cresceram além das histórias, ganharam filmes, ficam mais conhecidos, sofreram crises, alguns morreram e ainda sim cresceram. Aliás, acho que cresceram na mesma proporção que eu mesmo cresci. Os acontecimentos que mudaram toda uma geração entre os anos 80 e os 90 deixaram os heróis mais sérios, menos ingênuos e com isso as histórias passaram a abordar temas reais, como drogas, sexo, doenças… Enfim, os quadrinhos se tornaram algo além das crianças. Naquele ponto a hisórias também tentavam se manter fresca na mentes dos recém formados adultos que detêm o poder econômico no novo século XXI. E conseguiram é claro.

Hoje, ao entrar em uma livraria, você pode escolher comprar livros, cds e centenas de histórias em quadrinhos. Algumas com edições de luxo e papel da melhor qualidade. O preço também aumentou com o tempo, mas acho que compensa comprar algo que foi feito exclusivamente para alguém que gosta, e com toda a qualidade possível. Pena que algumas pessoas ainda pensam que hqs são coisas de crianças, eles não sabem o que estão perdendo.

Brinquedos

Posted in Animação, Anime, Brinquedos, Filmes with tags , , , , , , on outubro 8, 2008 by Burning

Ontem ao entrar numa das lojas Americanas me deparei com um boneco do Megatron do filme dos Transformers, ele custava R$ 229 e tinha aproximadamente uns 15 centímetros. Feito de borracha e plástico, com capacidade de transformação em seu modo espacial e uma alavanca que mexia partes translúcidas e fazia barulho. Tenho que admitir não era assim tão legal, já que na prateleira ao lado tinha um Tumbler bem grande que solta o batpod por R$ 200.

Mas ainda assim não era algo tão legal de mostrar a alguém, já que devido a minha idade não dá mais para brincar. Tenho em casa alguns Gunpla, que são modelos de Gundam de plástico injetável. No Japão eles fazem bastante sucesso, tendo até revistas dedicadas apenas para novos lançamentos e dioramas feitos pelos leitores. Então se relamente quizesse um brinquedo bem legal, escolheria um gunpla, ou melhor, compraria o VF-25F Messiah Alto Custom, um kit da série Macross Frontier, muito bem feito e com capacidade de transformar no modo avião e gerwalk.

Claro, a importação sairia cara, ainda mais com o dolar batendo a R$ 2,40 como está hoje, mas com certeza é um “brinquedo” bem fasciante e bonito. Ao contrário do Megatron.

Batman e Watchmen

Posted in Filmes with tags , , , , , , on agosto 10, 2008 by Burning

Já que o Dark Knight ainda está como o filme número 1 de todos os tempos do IMDB , acho que ele merece mais atenção então nesta página você encontra tudo o que queria saber sobre o batmovel, o Tumbler. Tudo muito interessante, além de detalhes sobre quantos carros foram feitos e etc.

Já Watchmen está cada vez mais perto e é claro novos materiais promocionais estão saindo, então que tal ver como a nave do Nite Owl foi construida? Via  Gizmodo. Aliás o Gizmodo tem um seção inteira sobre o Watchmen.

Batman – The Dark Knight

Posted in Filmes, Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , on julho 21, 2008 by Burning

Vi o segundo filme do Batman dirigido pelo Christopher Nolan este fim de semana. Quanto mais eu penso nele, mais ele me lembra diversas passagens de quadrinhos do homem morcego. O filme é excelente, tem mais altos do que baixos e digo que é o filme mais fiel aos quadrinhos que já vi.

Claro tem os problemas das super tecnologias, mas isso sempre acontece e na minha opnião não diminui o poder do filme. O papel da Maggie Gyllenhaal está um tanto quanto apagado, mas com personagens como Harvey Dent e o Coringa, não tem como um papel de um personagem secundário aparecer mesmo. Aliás as atuações do Heath Ledger e do Aaron Eckhart estão fantásticas, sem contar com o show aparte do Gary Oldman.

Desde que ele estreiou o site do IMDB tem ele colocado como o número 1 dos 250 melhores filmes de todos os tempos e isso não é pouca coisa. No domingo de noite 24000 votos já tinham sido computados, e a nota geral dele era 9.7, agora de noite 69100 votos tinham sido computados e a nota tinha caido para 9.5, mas considerando que o segundo lugar, que é o Poderoso Chefão tem 9.2, o Batman ainda pode cair mais um pouco que ainda vai ficar em primeiro.

Tenho que agradecer ao cinema que fui, o Parkshopping 4, pelo som que estava excelente, alto, mas com poucas distorções, a coisa a reclamar foi o lanterninha abrir a porta  assim que o filme acabou, deixando todo mundo cego com a luz do dia.

De qualquer forma, acho que o Dark Knight tem tudo para ser o melhor filme do ano. Acho até que o veria de novo para comprovar minhas ideias sobre ele. Otimo filme.